2 meses de Itália, Na Itália

2 meses de Itália

Oi gente, já se passaram 2 meses e claro muitas coisas já aconteceram, boas e ruins.

Começei a pesquisar por passagens aéreas quase um ano antes ¨eu sei …sou exagerada mesmo¨mas queria ter uma base de preços pra economizar ao máximo. A primeira idéia era embarcar em abril, pelo tempo ser melhor…nem frio, nem calor, mas não deu, pois o deferimento da minha cidadania no Brasil, demorou 1 ano pra sair.

Recebi a comunicação por email em junho de 2018. A partir daí, comecei a procurar um imovél pra nós, já queria sair do Brasil com algo certo! Quando você vai sozinho é uma coisa, mas eu vim com meus dois filhos, então a coisa muda de figura. Pesquisei muito! Mandei mais de 50 emails para proprietários e imobiliárias.

Entrava direto no immobiliare.it no casa.it e no subito.it. Desses mais de 50 emails, só uns 5 responderam e nenhum deles deu certo. Já sabia da dificuldade em conseguir alugar, pois na grande maioria das vezes é pedido a busta paga, que é o nosso holerite.

Como não tenho, ofereci pagar alguns meses adiantados, e mesmo assim não tive sucesso. Em agosto ou setembro, não me recordo o mês correto recebemos um retorno sobre um apartamento disponível para aluguel.

Tudo certo, comprei as passagens e 21/11 partiu Itália.

Embarcamos em Curitiba, fizemos escala em São Paulo e Lisboa, e no dia 23/11 chegamos em Vicenza. Porém quando chegamos descobrimos que o apartamento não estava mais disponível para aluguel.

Ficamos 1 semana na casa de uma amiga e depois fomos para Sovizzo, em Vicenza mesmo. Conseguimos esse apartamento temporário ( na realidade foi 1 quarto, pra nós estava ótimo) através de grupos no facebook. Recomendo vocês pesquisarem também nesses grupos, tem ótimas vagas lá.

Enquanto estávamos ali, começou a minha saga novamente atras de casa. E dá-lhe mandar email de novo, e oferecer 3,4,5,6 …1 ano de aluguel adiantado e nada! Sem a bendita busta paga é muito difícil. Até pra quem tem tá difícil, pois ainda assim, ter que ter um contrato a tempo indeterminado!

Gente, de modo algum quero desmotivar vocês, pelo contrário! Se isso é o que você quer pra sua vida, é seu sonho…VENHA! Mas venha preparado, em relação a aluguel aqui na Itália é complicado mesmo,(não só aqui) mas eu me coloco no lugar da pessoa que está alugando. Por mais que você pague vários meses adiantados, você não tem renda…qua garantia o proprietário vai ter que você vai conseguir pagar o aluguel?

A bagaça é DIFÍCIL mas não é IMPOSSÍVEL, e na primeira semana de janeiro eis que recebo um retorno de um email que mandei em dezembro. Eu nem lembrava mais qual era a casa, só lembrava do comune. Marquei com ele no outro dia pra nos encontrarmos em um shopping. Pediu pra levar os meninos pra conhece-los também, e finalmente deu certo.

Hoje escrevo este post da minha casinha nova. Nicollas já está na escola, Bruno procurando emprego e eu trabalhando cada dia mais, buscando as certidões de meus clientinhos que um dia estarão aqui conhecendo a nossa belíssima Itália.

Aqui em Vicenza, os italianos são mais fechados (dizem que no norte todo é assim), são mais na deles. Mas quando pegam confiança em você são uns queridos, não tenho o que reclamar.

Ahhhh…outra coisa importante!! Aqui quando você for comprimentar com beijos no rosto, começe pela esquerda da pessoa… ou vai ganhar um beijo na boca de cara! Eu e o Bruno pagamos alguns micos…pra não dizer king kong. kkkkkkkkkkkkkkk

Brincadeiras a parte.

Se preparem, não só financeiramente, mas psicologicamente também. Tente imaginar antecipadamente todas as coisas que podem dar errado e tracem também um plano B, C e D. Eu vim com tudo certo, cidadania, apartamento e mesmo assim ficamos a deriva. Não foi 1 nem 2 vezes que me peguei sentada na cama olhando eles dormirem e me perguntava… senhor, o que eu fiz???

Não pensei em desistir, mas bateu um desespero básico. Mas de outro lado, pensava assim…. poxa! Me preparei tanto, estudei tanto, foram quase 10 anos correndo atras de documentos, lidando com cartórios, igrejas e com o consulado….nosso dia chegou, e não vou me abater, não vou desanimar porque muita coisa me espera ainda.

Engole esse choro e bola pra frente, eu sabia que não seria fácil, principalmente longe da família, dos amigos, em uma estação triste que é o inverno. Mas nada como um dia após o outro. Hoje vejo meu filho mais velho motivado a aprender cada vez mais o italiano, procurando emprego, cheio de expectativas e isso é o que me faz seguir em frente.

Muitas veses escutei as pessoas dizerem pra fugir de brasileiros no exterior, escutei muito isso e estou sempre com um pé atras, mas até agora todos os que passaram por nós, foram anjos. Se não fossem por eles, sabe Deus onde estaríamos agora.


¨A vida é um constante recomeço. Não se dê por derrotado e siga adiante. As pedras que hoje atrapalham sua caminhada, amanhã enfeitarão a sua estrada.¨

Estamos também no Youtube e Instagram – vanenaitalia

Até o proximo post. 🙂

Arrivederci

Compartilhar:
Tagged , , , , , ,
Avatar

About Vanessa

Olá, tudo bem? Meu nome é Vanessa e criei esse blog para compartilhar com você minhas experiências na Itália. Mas não só isso, vou contar como foi desde o comecinho, quando resolvi por meu nome na lista do consulado, documentação, preparação para a mudança, etc…enfim, desde toda a movimentação ainda no Brasil.
View all posts by Vanessa →

2 thoughts on “2 meses de Itália

  1. Te admiro muito minha prima! Determinação, coragem e foco é o que sinto qdo leio teus posts!!! Vai dar tudo certo… Aliás , Já deu! Bjo grande

    1. E ler um comentário desses então, me encoraja cada vez mais. Muito obrigada prima, nada como um dia após o outro né? Deus a frente de tudo e ¨vamo que vamo¨ rsrsrs. Um beijão enorme pra vocês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *